Comparação de resultados entre o reparo termino terminal simples e o reforço do tendão fibular curto no tratamento cirúrgico das rupturas do tendão calcâneo

  • André Bergamaschi Demore
  • Antônio Kim
  • Leandro Marcantonio Camargo
  • Carolina Barbosa
  • César Augusto Fabris Benetton
  • Danusa de Castro Damasio
Palavras-chave: Tendão do calcâneo; Ruptura; Traumatismos dos tendões

Resumo

Objetivo: Comparar os resultados funcionais dos pacientes operadospara ruptura aguda do tendão calcâneo, através de um reparo simplesterminoterminal, com os resultados dos pacientes que foramsubmetidos ao mesmo reparo, utilizando o tendão fibular curto comoum reforço. Métodos: Foram avaliados, retrospectivamente, vinte esete pacientes, com ruptura do tendão calcâneo, divididos em doisgrupos homogêneos. O primeiro grupo era formado por pacientestratados cirurgicamente através da técnica terminoterminal comreforço do tendão fibular curto, e o segundo grupo por pacientesque foram tratados somente com a sutura terminoterminal. Foramrealizadas comparativamente avaliações clínicas e funcionais. Resultados:Os pacientes no grupo com reforço do tendão fibular curtoobtiveram uma média de 98,08 pontos no ATRS (achilles tendonrupture score), enquanto os pacientes tratados cirurgicamente semreforço obtiveram uma média de 99,20 pontos. Ambos os gruposconseguiram alcançar pontuações altas no ATRS, não havendo diferençaestatisticamente significante entre os dois grupos estudados.Também não houve diferenças entre os grupos avaliados com relação àforça eversora, força inversora, dorsiflexão e flexão plantar. Conclusão:A utilização do tendão fibular curto como reforço no reparo dasrupturas agudas do tendão calcâneo operadas entre o primeiro equinto dia não apresenta vantagens quando comparada à técnica detenorrafia simples terminoterminal utilizando pontos tipo Krackow.
Publicado
18-12-2017
Seção
Artigos Originais